Comprar, trocar, vender ou doar?


Ahhh a segunda-feira! Bom, não sei vocês mas eu simplesmente amo a segunda-feira, sinto que estou tendo mais uma semana de oportunidades para conquistar novos horizontes!! Haha

Saiba quais decisões tomar na hora de fazer os desapegos.
Mas bom, o post de hoje é relacionado a finanças, algo que amamos por aqui né?
Há um bom tempo queria trazer um post aqui no blog sobre esse assunto, e finalmente chegou esse dia. Kkkkk

Bom, recentemente eu decidi desapegar de alguns itens meus que eu não utilizava mais ou porque não correspondia mais ao que estou vivendo agora, e eu adoro fazer essas renovadas no guarda-roupa, gavetas e etc, não sou o tipo de pessoa que gosta de ficar guardando coisas desnecessárias.

E nessa fase, acabei chegando a várias situações em que eu me perguntava se determinada coisa que eu estava desapegando eu poderia, comprar (substituir), trocar, vender ou doar, e com isso, descobri algumas coisinhas, e são essas coisas que quero compartilhar com você hoje, se é que você está passando por isso atualmente.

Por que comprar?
Bom, a primeira coisa que você tem que fazer na hora de decidir comprar algo, é conferir a sua conta bancária, certo? Ok, se você já sabe disso, ótimo, avançamos para o próximo passo.
Como nesse caso, estamos avaliando para substituir determinada coisa que já temos, então temos que saber se realmente precisamos daquilo, e o real motivo de substituir. No meu caso, eu estava querendo “substituir” um salto alto, queria desapegar de um que eu tinha e que não servia mais, porém, queria comprar um outro. Por ser um salto alto preto, é sempre muito útil. Então, o que eu fiz? Coloquei a venda e pensei: Com o dinheiro da venda dele eu compro um outro.
Porém nesse caso você tem duas opções, vender e comprar como o que eu fiz, ou trocar com alguém que queira o mesmo que você (o que costuma ser mais difícil).
Então se for decidir substituir algo, coloque na balança essas duas coisas, o que você pode fazer, vender e comprar novamente, ou trocar?

Trocar ou Vender?
Quando vamos trocar ou vender algo temos que avaliar algumas coisas antes de tomar as devidas decisões.
Primeiro: Quando custa? (independente se for vender ou trocar, é sempre bom que você saiba, por quanto poderia passar para frente determinada coisa, lembrando que são coisas usadas, então, coloque o preço justo)
Segundo: Está em boas condições?
Terceiro: Pelo o que você poderia trocar aquilo e que seria satisfatório para você e para o outro?

É bom que você saiba dessas três coisas antes de colocar definitivamente alguma coisa a venda. Pois assim saberá exatamente o seu foco.

Doar. Será?
Fazer doação é de fato um ato muito bondoso e eu particularmente adoro. Mas há também algumas coisas que devemos avaliar antes de fazer uma doação.
Lendo sobre o assunto, comecei a perceber que não é simplesmente pegar tudo que não usa e doar. Você também tem que pensar, que uma pessoa irá usar aquilo. E então, a coisa mais óbvia – e que quase ninguém pensa sobre isso – é que temos que dar algo que esteja em boas condições de uso.
Não adianta você juntar um saco enorme de roupas, sapatos e etc para doar, se a metade dele são de roupas rasgadas ou em mal condições.
Então, selecione as roupas que dá para você doar. Eu costumo classificar da seguinte forma.
Primeiro: Dá para usar? Se sim, ok.
Segundo: Eu poderia vender? Se a resposta for não, então aí sim vai para a doação.

E o critério que uso para decidir se dá para vender ou não, é lembrar o quanto custou. Se foi algo baratinho, eu não vendo e sim faço doação, mas se for algo mais caro então eu vendo. E isso não é questão de ser “pão duro”, mas é meio óbvio, e nada vergonhoso. Não se culpe por estar doando algo mais baratinho e não algo com um poder aquisitivo maior, se está com boas condições, relaxa, dá para usar.

Onde vender, trocar ou doar?
Uma ferramenta muito utilizada é o Facebook, e lá, possui grupos infinitos para fazer as vendas, trocas, doações e etc. Mas caso não queira utilizar o Facebook. Algumas outras plataformas podem te ajudar. Outra bem usada e conhecida é o OLX, e outra ainda é o enjoei. Eu particularmente gosto muito do enjoei, porém não consegui vender nada por lá até hoje.  E a maior vantagem do enjoei, é você poder vender algo para alguém que more em um outro estado, e o frete é por conta do comprador, e o enjoei que cuida de toda essa parte. Já o OLX tem o mesmo foco que os grupos do Facebook, você combina com a pessoa um lugar, se encontra com ela e passa o seu produto pra ela, e ela passa o dinheiro, tudo a vista bonitinho. Pelo OLX já consegui fazer vendas, e até recomendo. O enjoei também recomendo, mas mais pelo recurso que ele oferece.

Minha lojinha do enjoei caso queira conhecer! (clique aqui) 

Espero que tenha gostado dessas dicas, e espero que tenham sido úteis para você. Deixe aqui nos comentários a sua opinião, ou caso tenha alguma outra dica, adoraria saber mais sobre isso.

Entre em contato comigo através do e-mail: organizemais.contato@gmail.com


Me siga nas redes sociais
Facebook | Instagram | YouTube | Twitter

You May Also Like

0 comentários